COMO O ORGASMO PODE AJUDAR NA SUA SAÚDE

Essa aula é pra você assistir juntinho com seu amor, sua mulher, namorada, peguete, ficante… o importante é que o casal assista, mas se você não tem par, ok assista bem concentrado para aprender tudo!

E a nossa aula de hoje é: 
"COMO O ORGASMO PODE AJUDAR NA SUA SAÚDE" 

Conceito: Sexo é bom e ainda faz bem para a saúde! 
Alivia dores, melhora o sono e estimula a longevidade da relação.

Chegar ao ápice, é uma das sensações mais íntimas e deliciosas para homens e mulheres e é muito mais do que sinal do sucesso de uma relação a dois. 
A cada dia, os cientistas descobrem novos efeitos desta reação orgânica que, além de de melhorar as emoções, faz muito pela sua saúde. "O prazer contribui para que homens e mulheres vivam com mais qualidade, trata-se de um momento especial que se prolonga por vários dias" é o que dizem os especialistas da área.

Porém, apesar de proporcionar prazer e qualidade de vida, uma pesquisa feita pela USP - Universidade de São Paulo revelou que 70 % dos brasileiros fazem menos sexo do que declaram em conversas e pesquisas da vida públicas. 
Por isso, quero estimular você a melhorar essa situação trazendo o que a ciência e os especialistas descobriram sobre os benefícios que uma vida sexual ativa trazem ao corpo e à mente!

Prazer à luz da Psicanálise: Prazer e Morte - O prazer é uma grande descarga de energia, sendo que a morte é a descarga total da energia humana. Segundo a psicanálise, o prazer a dois é o único evento no ser humano que mais se aproxima da morte mas, quanto mais próximo da morte chega, mais à serviço da vida está. Isso porque o indivíduo descarrega uma quantidade tão grande de energia que vai sobrar espaço emocional para lidar novamente, com as pressões do dia a dia. 
E quanto mais longe da morte chega, mais à serviço dela está porque neste caso o indivíduo não descarregou uma quantidade de energia necessária para novamente lidar com as pressões diárias e assim, pode fazer diversos sintomas, dentre eles o infarto.

Onde o Prazer atua

1. Alivia as crises de enxaqueca
O prazer íntimo libera substâncias, como as endorfinas, que atuam no sistema nervoso. "Elas diminuem a sensibilidade à dor, relaxa a musculatura e melhora o humor" como é comprovado pelos cientistas.

2. Aumento da autoestima 
Ao atingir o clímax a pessoa aumenta os níveis de serotonina, o chamado hormônio da felicidade e assim, fica com sua estima em alta.

3. Prevenção da neurose
 Aquele ou aquela que atingir o prazer não vai fazer neurose e, portanto, não vai se sentir mal amado e não vai encher a paciência de ninguém!

4. Prevenção da depressão e síndrome do pânico
É incrível, mas alcançar o prazer é um forte antidepressivo e inclusive, previne a síndrome do pânico.

5. Diminuição da ansiedade
 Creia, o ápice é um ansiolítico de primeira grandeza! Tenho a certeza que você não tinha pensado nisso não é?

6. Melhora o aspecto da pele
Fazer sexo, principalmente no período da manhã, é um poderoso aliado da beleza para manter a juventude. Essa foi a conclusão de um estudo, realizado por cientistas da Universidade Queens (Reino Unido). De acordo com os pesquisadores, atingir o ápice aumenta os níveis de estrogênio, testosterona e de outros hormônios ligados ao brilho e a textura da pele e dos cabelos.
Além disso, quando há o prazer, ocorre uma vasodilatação superficial dos vasos, até aumentando a temperatura em algumas pessoas. Com isso, a pele ganha uma aparência mais fresca, e o brilho natural dela fica em destaque.

7. Melhora o sono
 O relaxamento que o orgasmo traz contribui para que você durma melhor, e não apenas no dia em que houver sexo. A reação tem efeito prolongado, devido a ação dos neurotransmissores que passam a agir no seu organismo com mais regularidade e numa quantidade maior.

8. Diminui o estresse
É importante ressaltar que o prazer íntimo não deve ser encarado como um remédio calmante, mas como parte de uma relação afetiva que traz prazer. Quando isso acontece, os níveis de estresse tendem a diminuir não só pela estabilidade emocional, mas também porque os chamados hormônios do estresse, como o cortisol, apresentam atividade reduzida. Quem trouxe essa novidade foi um estudo escocês publicado na revista Biological Psychology.

9. Diminui os riscos de infarto
 Um estudo da Universidade de Bristol, na Grã-Bretanha, realizado com mais de 3 mil homens de 45 a 59 anos, concluiu, após 20 anos, que o sexo frequente pode reduzir o risco de infartos fatais e de derrames. De acordo com as conclusões da pesquisa, a morte súbita causada por problemas de coração é mais comum entre homens que afirmam ter níveis baixos ou moderados de atividade sexual.

10. Queima calorias
Segundo a Associação Americana de Educadores e Terapeutas Sexuais, a atividade sexual pode ser um ótimo exercício para o corpo. Isso porque meia hora de sexo queimam, em média, 85 calorias. Portanto, se você está sem paciência para ir à academia, que tal optar pelo plano B?

11. Aumenta a imunidade
Um estudo feito pela Wilkes University, nos Estados Unidos, mostrou que uma vida sexual ativa aumenta os níveis de um anticorpo conhecido como IgA , responsável pela proteção do organismo de infecções, gripes e resfriados. 

É isso mesmo!

Agora você já sabe como e no que, o prazer pode melhorar não só a sua saúde, mas também a sua qualidade de vida!

Pra você que leu até o final, o meu ebook: "5 dicas para o Controle Total do Tempo íntimo" está disponível para download sem custo. 

Você já conhece o tratamento que mais cura homens com disfunção sexual no Brasil? Para isso entre no meu site: www.katiatocavoce.com.br/otratamento, e conheça tudo que eu e ele podemos fazer pela sua felicidade e do seu amor. 

Por hoje é só e como sempre tenho dito, eu estou sempre pensando em você e é por isso mesmo que em minhas aulas, dicas e em todos os conteúdos que produzo para você busco sempre tocar o seu coração e a sua emoção!

Eu sou Kátia Aragão e espero ter tocado você!
Inscreva-se na minha lista para receber conteúdos como esse!
Insira seu e-mail abaixo que mandamos semanalmente novidades.
Feito com