#KTV - Temp. 1 - Ep. 06 A TÉCNICA DA RELAÇÃO

Esta técnica... dá o que falar! O vídeo aborda os diferentes tipos de relações que estabelecemos em nossas vidas: relações afetivas, profissionais, sociais, familiares entre outras.

 A psicanalista conceitua e discorre sobre as causas e consequências de relações com e sem equilíbrio. 

Trata-se de um excelente instrumento para profissionais utilizarem em seus consultórios, assim como para as pessoas de modo geral que encontrem algum grau de dificuldade em suas relações.

Confira, opine e compartilhe com seus amigos

                                                      A TÉCNICA DA RELAÇÃO 

Viver junto é uma arte. As relações entre pessoas são complexas e nem sempre lidamos com elas de forma segura e tranquila. É sobre isso que nós vamos conversar hoje. 

Eu sou Kátia Aragão e vou tocar você. 

Olá, hoje eu vou lhes entregar um novo instrumento que desenvolvi ao longo da minha carreira, este instrumento eu utilizo e utilizei durante esses trinta e dois anos no trato de todas as espécies de relações, desde as relações de casamento até as relações profissionais, as relações sociais, enfim, trata-se da técnica das relações interpessoais. 

Técnica das Relações Interpessoais - Teoria do Cordão - O conceito de relação é o núcleo de convivência entre duas ou mais pessoas com diferentes objetivos, quais sejam eles, objetivo de casal, casamento, namoro, objetivo profissional, um grupo de trabalho, objetivo social, um grupo de amigos ou dois amigos, enfim, é o espaço compreendido entre duas ou mais pessoas com diferentes objetivos. Os pressupostos básicos são: equilíbrio e reciprocidade, que fazem parte da técnica que criei que chama-se a técnica do cordão e que vou demonstrar agora. Muito bem, equilíbrio, o equilíbrio quer dizer o seguinte, que entre um casal ou entre um grupo de amigos, etc, o cordão, a área do círculo deve manter-se nesta tensão que se apresenta agora, ou seja, ele está firme, equilibrado, porém confortável para ambas as partes, no entanto, se uma das partes invade o espaço do outro, o que acontece ? Acontece o que vocês viram agora, a relação enfraquece, cai. Gente, eu me refiro aquelas pessoas que invadem os e-mails de seus parceiros, que roubam literalmente as senhas das redes sociais para pesquisar, para invadir e em seguida começam a cobrar de seu parceiro ou de sua parceira aquilo que eles postaram ou fizeram ou no Facebook sem nenhum respeito a sua privacidade como acontece quando se invade o cordão, a área do círculo, então são aquelas pessoas que acabam fazendo com que a relação enfraqueça, amoleça e por tanto isso vai com certeza sufoca o parceiro, a relação enfraquece, por outro lado se se trata de alguém que é extremamente egoísta, que vai ampliar, fazer mais por si mesmo, pensar mais em si mesmo, o que acontece? O que está acontecendo agora, desequilibra a relação, machuca, fere, gera desconfiança e como vocês vão ver agora o que pode acontecer com o exagero disso é o rompimento da relação. Gente, para que haja equilíbrio é preciso que exista o respeito a área do círculo, portanto o círculo nesta exata tensão e ainda que as situações de vida mudem, que vocês mude de emprego, de estado, de pais é preciso que a área do círculo mantenha-se respeitada na mesma tensão. Mesmo que as suas condições mudem, eu quero dizer com isso que é preciso que o casal bata DR, discuta a relação, é preciso que haja entre as pessoas, entre as duas partes, não importa se essas partes são marido e mulher, empregado e patrão, amigo e amiga, o que importa é que haja esse equilíbrio, que as coisas que aconteceram fora, você mudou de cidade, você mudou de escola, você mudou de país, é preciso que você se mantenha equilibrado com a outra parte, com o outro lado; entre o casal é fundamental para qualquer relação que se bata DR, que se discuta a relação, é fundamental também, gente, que as pessoas tenham clareza, que sejam honestas, que sejam sinceras e que abram o jogo porque uma das coisas que acontece muito entre casais tanto de amigos como de casais afetivos, namorados, marido e mulher e até mesmo nas relações profissionais é que as pessoas sabem quem o problema existe, ambas partilham do problema mas ninguém abre o jogo e é aí que as relações vão cada vez mais se dificultado é aí que ou se invade e enfraquece ou se tensiona e desequilibra, por tanto eu vou falar agora do objetivo da reciprocidade, a reciprocidade tem dois objetivos, o primeiro dele é a igualdade de relações e o segundo é a diferença das relações, a igualdade de relações pressupõe atos iguais, atos recíprocos, ou seja, se eu dou atenção ao meu parceiro eu quero obter atenção, se eu dou carinho, eu quero obter carinho e claro que isso faz com que a relação fique sempre equilibrada, harmoniosa, uma relação estável, mas se há uma diferença de atitudes o que vai acontecer? Vai acontecer a frustração, eu dou atenção e recebo desatenção, eu dou carinho e recebo distanciamento, agressividade, isso vai fazendo o que? Isso vai fazendo com que eu me desequilibre gere desconfiança e pior, muitas vezes com que a relação termine, eu conheço muitos dos casais que se separam porque o parceiro abriu a bolsa da mulher, mexeu nas coisas dela e viu que tinha algo que ele não conhecia, ou como eu dizia antes, aqueles que invadem as redes sociais ou aqueles que pegam até as senhas bancárias para ver até o que o seu parceiro gastou, quer dizer, essa relação se enfraquece, ela chega ao fim, portanto respeito é fundamental, o respeito é um dos pontos que vai trazer equilíbrio a relação. Finalmente, relação é gênero e as espécies são as relações de casamento, as relações profissionais, as relações de amizade, as relações de namoro, enfim, seja qual for a espécie da relação, dois pontos são fundamentais, a manutenção do diálogo sempre e colocar-se no lugar do outro, porque gente, o excesso de cobrança gera chantagem emocional e o excesso de competição entre os pares gera inveja e é exatamente sobre isso que nós vamos conversar no nosso próximo programa, chantagem emocional e inveja. Eu sou Kátia Aragão e espero ter tocado você. Se você gostou desse vídeo, clique em gostei aqui em baixo e inscreva-se no meu canal e curta a minha página no Facebook cujo o link está na descrição do vídeo, até logo.


Inscreva-se na minha lista para receber conteúdos como esse!
Insira seu e-mail abaixo que mandamos semanalmente novidades.
Feito com